Doria critica sigilo de Haddad sobre dados do Uber

Na sexta-feira, a gestão Fernando Haddad decretou sigilo informações sobre a frota do Uber e empresas de transporte individual. Diante das críticas, Haddad recuou e divulgou que a decretação do segredo de dados não teria mais validade logo no sábado. Em campanha no bairro de São Miguel, o candidato João Dória (PSDB) criticou a decisão.

Para o tucano, é a falta de transparência que traz desconfiança do cidadão e do eleitor. “Um tema como esse deveria ser tratado de forma ampla, transparente e aberta e não de forma fechada. É um equívoco do prefeito Fernando Haddad”, afirmou Doria.

Dória também comentou sobre a reforma trabalhista prometida pelo governo Temer e sobre as declarações do ex-presidente Lula contra o Ministério Público Federal.

 “Primeiro nós vamos ganhar as eleições, depois nós vamos tratar dos temas nacionais. Depois disso, contem comigo. Também é um tema nacional, mas não me custa manifestar minha posição. Sou a favor da Justiça. Tudo aquilo que a Justiça faz com amplo direito de defesa, faz bem feito. O ex-presidente Lula tem contas a pagar e vai responder por isso”, disse o candidato.

Dória já havia atacado Lula em resposta a uma frase do petista no palanque de Fernando Haddad. Lula lembrou o caso dos pedalinhos em forma de cisne do sítio de Atibaia, e disse que “só o casaco do Dória custava vários cisne (sic)”. Questionado pela equipe do programa Morning Show da Jovem Pan, Dória respondeu: “o casaco foi comprado com dinheiro meu, e não com dinheiro roubado”.

Anúncios

Deixe uma resposta