João Dória: “Lula tem contas a pagar”

Como diz o Diário do Poder, o candidato tucano à prefeitura de São Paulo, João Dória, bateu de primeira após ter sido questionado sobre o que achava da reação irada do petista após ser denunciado criminalmente pela força-tarefa da Operação Lava Jato por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do triplex do Guarujá.

“Eu sou a favor da Justiça. Tudo aquilo que a Justiça faz, com amplo direito de defesa, faz bem feito. (O ex-) presidente Lula tem contas a pagar e vai responder por isso”, declarou João Doria. Ele deixou claro que a ideia nem era atacar  PT. Ao dizer isso, ele estava apenas “valorizando o trabalho da Justiça”.

Mesmo cada vez mais queimado, o prefeito Fernando Haddad havia atacado-o. O petista disse que Doria não foi à Cracolândia. Haddad disse que ele teria preferido consultar moradores dos Jardins sobre o fechamento da Paulista aos domingos. Doria foi assertivo e retrucou com críticas ao programa De braços abertos –  que o petista implantou para acolher a multidão de flagelados.

“Eu fui até a Cracolândia, sim”, afirmou Doria. “Não há o menor sentido na manutenção desse programa. É ruim. O prefeito se ilude. Falam pra ele que é bom, mas ele sabe que não é, não é positivo.” O tucano disse que planeja, se eleito, oferecer aos reféns da droga tratamento clínico adequado e requalificação profissional. “O programa De braços abertos não funcionou e o prefeito Fernando Haddad sabe disso no íntimo. Ele está defendendo (o programa) porque tem a obrigação de fazer essa defesa.”

Anúncios

Deixe uma resposta