Patrimônio de Lula cresceu 360% desde saída da presidência

Como demonstra o Diário do Poder, desde o fim do seu segundo mandato, em 2010, o ex-presidente Lula viu seu patrimônio saltar de R% 1,9 milhão para R$ 8,8 milhões. Isso representa um crescimento de 360%. Os dados podem ser extraídos das declarações de imposto de renda do ex-presidente e integram a denúncia apresentada pelos procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato, apresentada na última quarta (14).

Lula alega ao fisco que sua evolução patrimonial foi obtida com sua empresa de palestras, a L.I.L.S.. Aos investigadores, o petista disse que cobrava “exatamente 200.000 dólares, nem mais e nem menos” por todas as palestras.

Entre 2011 e 2015, a L.I.L.S. distribuiu lucros e dividendos de 8,5 milhões de reais para Lula. Nesse mesmo período, o ex-presidente deu cerca de setenta palestras no Brasil e no exterior, conforme ele mesmo disse às autoridades da Polícia Federal. A maior transferência de valor para Lula ocorreu em 2014, no montante de 5,6 milhões de reais. Naquele mesmo ano, em novembro, foi deflagrada a fase mais intensa da Lava Jato.

Conforme a PF, a empersa de palestras recebeu 21 milhões de reais entre 2011 e 2015. Desse total, 9,9 milhões de reais foram pagos por empreiteiras investigadas na Lava Jato.

Anúncios

Um comentário sobre “Patrimônio de Lula cresceu 360% desde saída da presidência

Deixe uma resposta