Lula perde a noção do ridículo e diz que vira herói, mártir ou se reelege

Em mais desses já conhecidos jogos de cena, o ex-presidente Lula declarou: “A partir de agora, se me prenderem, eu viro herói. Se me matarem, viro mártir. E se me deixarem solto, viro presidente de novo.”

O discurso, é claro, é totalmente teatral. As pesquisas de opinião pública dos últimos meses têm mostrado uma crescente rejeição ao PT, especialmente para os figurões do partido. Na realidade, a prisão de Lula é tida como um sonho para muita gente desde que Dilma sofreu o impeachment. Nas redes sociais é possível ver que a maioria das pessoas está contra Lula.

A imagem do partido está desgastada de tal forma que vários políticos têm estudado a possibilidade de sair da legenda, e muitos já declararam que vão sair tão logo o período eleitoral acabe. A maioria dos atuais candidatos a prefeito e vereador nem mesmo tem usado as cores do partido em suas campanhas, tudo para evitar a associação ao PT.

O discurso de Lula é propaganda, não é produto.

Anúncios

3 comentários sobre “Lula perde a noção do ridículo e diz que vira herói, mártir ou se reelege

  1. O DISCURSO DE LULA É POBRE, CHEIO DE SI E SEM PROFUNDIDADE, PRÓPRIO DE QUEM ESTÁ COM ALMA VAZIA. UM DISCURSO ISOLADO PARA PETISTAS QUE NÃO CONFIAM MAS NO SEU LIDER, MAS QUE AINDA QUEREM SE MOSTRAR NA LUTA. O LULA É UM SEM NENHUM EXAME DE CONSCIÊNCIA, POIS ISTO LHES TRARIA MUITA DOR. SE TORNARÁ PARA HISTÓRIA DO BRASIL COMO UM MENTIROSO DESPREZÍVEL.

Deixe uma resposta