Lula se contradiz ao dizer que para não ser perseguido pela justiça, basta ser honesto

O ex-presidente Lula, durante seu pronunciamento midiático e teatral, cometeu um ato falho. Logo após ter dito diversas vezes que a Justiça brasileira o persegue, ele declarou que para não ser um perseguido da justiça no país só é preciso ser uma pessoa honesta.

Seria esta uma confissão acidental?

Anúncios

Deixe uma resposta