Lula ataca funcionários públicos concursados em seu discurso e gera revolta

Durante suas divagações na coletiva de imprensa realizada hoje, o ex-presidente Lula chegou em certo momento a comparar políticos corruptos com funcionários públicos.

“O político, por mais ladrão que seja, todo ano tem que enfrentar o povo, sair na rua e pedir voto. O funcionário público não. Ele faz concurso e fica lá, com o cargo garantido, tranquilo”, disse Lula.

Embora o objetivo fosse atacar os juízes federais e policiais envolvidos na força-tarefa da Lava-Jato, a declaração imediatamente revoltou os internautas.

Anúncios

268 comentários sobre “Lula ataca funcionários públicos concursados em seu discurso e gera revolta

  1. Esse verme é tão pernóstico que conseguiu passar e sair vivo da ditadura, que foram até incompetentes em deixar essa escória como legado para a sociedade brasileira. Naturalmente, que somente conseguiu sair vivo, pelo fato de ter sido informante do sistema e ter entregue os “companheiros” de sindicato e militância. Essa prática é ~tão obviamente que atualmente todos os “companheiros” já estão presos e ele ainda persiste livre. Até quando meu Deus..?

  2. Foi publicado um livro pelo Romeu Tuma Junior onde o mesmo revelou que o Lula entregava seus aliados e depois ia para a casa do Romeu Tuma, Delegado da Polícia Civil, na época.
    Pelo visto esse ato não é considerado como ato de honra, coerência.
    Infelizmente não foi o estadista que esperávamos que fosse. Lamentável.

  3. No regime que se diz democrático, o acesso a cargos públicos, em regra, é pela via do concurso público mesmo, pois que não não há outra maneira mais justa e tecnicamente viável. A questão da estabilidade (que é relativa, inclusive) diz mais respeito à proteção contra desmandos administrativos (chefias mal-intencionadas, perseguidoras) do que a necessidade de perpetuação de funcionários públicos nos cargos que ocupam. Todos sabem, menos o Lula, que funcionários podem responder a processos administrativos, sindicâncias, processos judiciais, em razão de sua responsabilidade enquanto ocupantes de cargos públicos. O concurso público não garante a perpetuação do servidor público em determinado cargo; apenas o protege de desmandos de chefias mal -intencionadas.(Por exemplo: No setor privado, mesmo que algum funcionário seja pessoa idônea e que exerça suas atividades com zelo etc, o patrão, dono da empresa, em regra, tem a faculdade de demitir o mesmo a qualquer momento; bastante é que “não vá com a cara dele”; já no setor público, somente após cometer alguma irregularidade, em regra, e com o devido processo legal, é que a pessoa(funcionário público concursado) poderá ser exonerada de algum cargo, pois que , de forma subjetiva, o fato de o chefe de algum funcionário público não ter simpatizado com ele (funcionário), isso não lhe dá o condão da demissão ou exoneração. Ou então, vamos tornar tudo precário: ao invés de realizarmos concurso público para todos os cargos que necessitam dessa via de acesso ao mesmos, vamos fazer eleições diretas para juízes de direito, procuradores, promotores de justiça e defensores públicos, delegados, fiscais de renda, etc, e vamos definir um prazo para o exercício para cada um deles ( 2 ou 4 anos, p. ex.) e vamos ver qual o grau de comprometimento(em relação à função pública a ser exercida) de cada pessoa escolhida , tendo definido, previamente, que o salário ou vencimento para cada cargo não passará dos R$ 3.000,00, e qual de segurança que isto poderá oferecer para a sociedade? Veja o exemplo dos cargos políticos e faça um comparativo?

  4. No mínimo se referia ao funcionário público corrupto (Tipo Procurador da República), já que esse não tem que encarar o povo em eleições como um político.

  5. Me solidarizo com todos os funcionários públicos do país, apesar de não ser um deles, o que não seria nenhum demérito. Devo dizer a esse verme que, ele não teria capacidade intelectual de passar em concurso público nem para limpar privadas. Analfabeto que ele é, de pai e mãe.

  6. Lula quem é. vc pra falar do funcionário público, pq há maior corrupção já vista no Brasil foi no governo do PT, que é com mandado por vc, o funcionário público tem que ter vergonha na cara, e esquecer que um dia vc foi presidente do Brasil, vc Lula e seus comandados se permaneceu no poder esse tempo todo pq do tradicional toma lá da ka, há famosa barganha em troca de votos

  7. Ou seja, ele chamou a raça de dele(os políticos) de safados, caras de pau … t rouba na sua cara e em seguida, passa o famoso óleo de peroba na cara e pede sua ajuda … e pessoas, para que é essa ajuda ? PRA CONTINUAR NOS ROUBANDO … cambada de FDP’s … vão pro inferno !!!

  8. Esse é o nosso Brasil: O vagabundo Justifica o político ser ladrão, pois ele tem de “trabalhar muito” para conseguir seus suados votos, enquanto o concursado (Bancáro, Militar, Policial, Bombeiro, Médico etc etc) passou em uma “provinha” e tá numa boa… SEU VAGABUNDO MISERÁVEL, RESPEITA AS PESSOAS DE BEM SEU COMUNISTA CRIMINOSO! VAI PARA CUBA OU VENEZUELA QUE É TEU LUGAR SEU DESGRAÇADO DEFENSOR DE TERRORISTA…

Deixe uma resposta