Josias de Souza: “Lula troca de pose: em vez de jararaca, chorão”

O jornalista Josias de Souza lembra que Lula perdeu uma grande oportunidade para tentar desmontar as acusações. Em vez disso, “preferiu fazer um comício de estufa: sem contraditório e com uma plateia de devotos”.

Lula “politizou um termo que é técnico”. Só que, para Josias, “o grande problema de Lula é que politização não conta muito” com a PF e a Justiça.

Josias lembra, sobre Lula, que ele “disse que seus algozes bateram no rabo da cobra, não na cabeça. Disse que a jararaca continuava viva. Hoje Lula trocou esse figurino de valentão pelo papel de humilde. Chorou duas vezes. Lembrou sua infância pobre.”

Mas essa não era a questão: “A questão é que os investigadores não alvejam esse menino pobre. Eles processam o ex-presidente da República que recebeu favores monetários no valor de R$ 30 milhões de reais em palestras de empreiteiras que assaltaram a Petrobrás e outros guichês do estado”.

Anúncios

2 comentários sobre “Josias de Souza: “Lula troca de pose: em vez de jararaca, chorão”

Deixe uma resposta