Em Brasília, já se pergunta: “Quando será a vez de Dilma?”

Deputados, senadores e até juristas estão agitados em Brasília. Ao menos é o que informa o colunista Ricardo Noblat. Segundo ele, na capital já se pergunta quando será a vez de Dilma Rousseff.

A ex-presidente, apesar de não ser formalmente acusada pela Justiça, tem sido alvo de diversas investigações e foi citada em dezenas de delações. A situação dela, no momento, é de reclusão. Ela saiu do Palácio do Planalto na semana passada, levando duas carretas com pertences que não se sabe se são realmente dela.

Além disso, circulou pelas redes sociais a informações de que ela mandou sacrificar o cão Nego, um labrador que teria sido dado de presente a José Dirceu e que ela herdou ao assumir a Casa Civil, ainda no governo Lula. Por conta do episódio, sua imagem ficou ainda pior.

A Operação Lava-Jato, como já foi dito, é um marco na história do país. O esquema do Petrolão é algo inimaginável, e já é tido como o maior esquema de corrupção do mundo.

Anúncios

Deixe uma resposta