Com medo da prisão, Paulo Okamotto pede Habeas Corpus preventivo

Conforme diz o Radar on-line, o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, entrou com um pedido de habeas corpus preventivo junto ao juiz Sergio Moro.

O advogado Fernando Fernandes, representante de Okamotto, entrou com o pedido em “repressão à denúncia” e em prevenção à decisão “que já se sabe estar a caminho”.

Okamotto é das figuras centrais da denúncia do MPF apresentada nesta quarta (14).

Anúncios

2 comentários sobre “Com medo da prisão, Paulo Okamotto pede Habeas Corpus preventivo

  1. Esse Okamato, Sacamoto é o mesmo do tempo do Sebrae que foi denunciado por desvios de recursos daquele órgão e o Lula o resgatou para proteger e assim continuarem a sacanagem já tão conhecida.

Deixe uma resposta