Livros marxistas são usados como papel higiênico em Cuba, diz refugiada Zoe

Zoe María Martínez, uma garota refugiada de Cuba, é duramente criticada pela extrema-esquerda brasileira por trazer fatos a respeito de seu país natal e fazer críticas a ditadura dos irmãos Castro. Ela atualiza com frequência suas páginas, sempre dando recados e explicando coisas que acontecem ou que aconteceram na ilha.

Abaixo, um vídeo em que Zoe detalhou como se dá a distribuição de alimentos. Um trecho, contudo, se sobressai: trata-se do luxo que é usar papel higiênico por lá. A alternativa que resta à população é recorrer a jornais ou livros marxistas.

Anúncios

2 comentários sobre “Livros marxistas são usados como papel higiênico em Cuba, diz refugiada Zoe

Deixe uma resposta