Fracassado, “Aquarius” começa a ser retirado dos cinemas após 10 dias de lançamento

Apesar da ampla divulgação na mídia, especialmente após o patético episódio em que atores e o diretor do filme apareceram “protestando” contra o impeachment de Dilma em Cannes, na França, Aquarius foi mais um dos muitos fracassos brasileiros de bilheteria.

Com a preocupação mais voltada para a política do que para a arte, é muito comum que isso aconteça com filmes dirigidos e estrelados por ativistas. Ao lado do filme Contrato Vitalício, do grupo Porta dos Fundos, a produção de Kleber Mendonça Filho atingiu baixíssimos números nos cinemas e, após 10 dias, foi tirado das salas.

O filme atingiu apenas 141 mil espectadores, perdendo de lavada para outro filme nacional de muito menor divulgação, Um Namorado Para Minha Mulher. Ao que parece, as pessoas não estão mais tão interessadas em financiar duplamente os filmes feitos com verba pública.

Anúncios

40 comentários sobre “Fracassado, “Aquarius” começa a ser retirado dos cinemas após 10 dias de lançamento

  1. 10 dias ainda foi muito! Nem os petistas foram ver. Espero que fiquei como recado pra quem não só usa verba publica pra fazer porcaria como usa a mesma verba pra nos envergonhar no exterior. Vai tarde!

  2. Teremos fiel o nosso país mas a este artista que representa o povo brasileiro, fora do Brasil e o brasileiro é aquele acorda cedo para ganhar vida . não aquele que fica no colo de político corrupto. É acha que representa uma pátria. Não é assim.

  3. Isso só foi uma resposta do público que não aceita mais nada que seja atrelado a essa política suja… e não aceita prestigiar nada nem ninguém que apoie essa seguirá… e roubalheira…

  4. O problema do país é Cultura & Educação. Veja aqui:

    A concorrência pelo Oscar em 2017 & o PT:

    O nome do filme barango, com a brega da Regina Casé:

    é: “Que horas ela volta?”. (repare que nome que não tem nada a ver).
    Isso ano passado, 2015. Concorreu ao Oscar. Lógico que a Academia de Ciências e Arte não iria apreciar tamanho clichê de filme. Sem mérito nenhum esse Que horas ela volta. Coloque esse nome no Google e veja a foto do cartaz, para ver a baranguice.

    Já o desse ano, que concorreu por CANNES, e perdeu por lá é AQUARIUS, de Kleber Mendonça Filho — o Baba Ovo do Festival de Tiradentes. Lá em Cannes fizeram uns cartazinhos com o ENGANA-TROUXA: o “Fora Temer”.

    Aquarius dançou… O novo Ministério da Cultura, do Temer, escolheu outro filme para concorrer em 2017… cujo nome é “Pequeno Segredo” (repare o título! Parece interessante!). Que tem mais potencial para seduzir a Academia do Oscar.

    O pessoal de Aquarius deve está NERVOSINHO.

    1. Que horas ela volta recebeu bastante elogio e admiração internacional. E não sei o que a foto do filme tem a ver com a sua qualidade. Complexo de inferioridade nível hard esse seu.

    2. Se a Regina Casé é baranga não tira a qualidade do tema que é colocado no filme. Se o filme é um clichê deve ser para você que deve ser bem de vida e não consegue ver além da bolhinha que habita.

    3. O nome “que horas ela volta” tem TUDO a ver com a história do filme (assim como o nome em inglês, “the second mother”). Se vc não assistiu, não venha palpitar sobre o que não sabe.
      E nada a ver o fato da regina casé ser baranga com a qualidade do filme.

  5. Você se considera jornalista ? Além do texto horrendo, nada disso é verdade. Basta ver os números. Cada vez mais cinemas e mais público. O problema do mundo é gente ruim e maliciosa como você.

  6. Pobre e distorcida esta matéria de vcs. O filme é ótimo e tem sucesso de público.
    Pena vcs se aterem somente ao aspecto político dos bastidores do filme, ao invés de fazerem uma análise mais artística da obra. Isso é exemplo de mau jornalismo preocupado em seguir uma bandeira política falida!

  7. kkkkk Bem feito! malditos comunistas!!! o povo mais unido não falha mesmo.Quem manda no Brasil somos nós,porra! CONSEGUIMOS JUNTOS BOICOTAR ESSA PALHAÇADA! agora sentam e choram mto seus retardados.chupa que é de uvaaaa…..kkkkkkkk se fu@#$%¨!

    1. quem vive as custas de verba publica não tem capacidade,fora esquerda fora canalhas fora ladrões fora peste adeus partido de ladrões adeus lula adeus dilma acabou a mamata já vão tarde seus ladrões cadeia e pouco pra voces

  8. kkkkk Bem feito! malditos comunistas!!! o povo mais unido não falha mesmo.Quem manda no Brasil é o povo,porra! CONSEGUIMOS JUNTOS BOICOTAR ESSA PALHAÇADA! agora sentam e choram mto seus retardados.chupa que é de uvaaaa…..kkkkkkkk

  9. 140 mil espectadores não é ruim para um filme que acabou de sair. Trabalho com distribuição e, no mercado, a expectativa com Aquarius é ainda bastante promissora. Desqualificar uma obra de arte por ideologia só demonstra imaturidade. Vocês teriam ganhado mais de bolca fechada, porque de boca aberta falam que outro filme, Um Namorado para Minha Mulher, teve mais bilheteria. No entanto, sequer tiveram competência para levantar os números. È só mimimi.

  10. “Faço parte da elite, não nego. Mas o filho da minha empregada entra na piscina com os primos. E, uma vez por ano, perto do Natal, faço uma festa ali para a minha empregada atual, Raimunda, minhas ex-empregadas e os filhos delas.” – Anna Muylaert, diretora de “Que horas ela volta?”, que não concorreu ao Oscar.
    O filme foi o escolhido pelo Ministério da Cultura – entre 8 longas – para representar o Brasil na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro da edição de 2016. Porém não foi indicado ao prêmio. Morreu na praia, ou na piscina. Sei lá.

  11. Realmente, foram apenas 2o pessoas numa sessão, ocorre que foi em dia de semana e no início da tarde, diga-se de passagem. Já fui a sessão de vários blockbusters em que tinham apenas 10 pessoas na sala.

    Além disso, aproveitem e consultem a programação de hoje de qualquer cinema, e verifiquem, 10 dias após, se a maioria dos filmes continuam tendo sessões. É claro que o filme já está saindo dos cinemas.

    Sendo fracasso ou não de público, desde quando quantidade de público conta para um filme ser bom ou não? Se seguirmos essa lógica, um Transformers da vida é uma excelência de filme.

    Quanto a não indicação ao Oscar, questões políticas a parte, ser indicado ou não, não tira brilho nenhum de filme, tanto que vemos diversos filmes excepcionais serem ignorados todo ano na lista de indicados em categorias do Oscar.

    E quanto a fracasso artístico, acho que ter competido no maior festival de cinema do mundo (Cannes), depois de ter passado por uma rígida seleção, não é qualquer coisa. Ah, e não passou só em Cannes não, passou no respeitado Festival de Toronto, sendo aplaudido em ambos. E também passou em vários outros festivais, tendo ganhado prêmios relevantes em alguns deles.

    Infelizmente, a maioria não sabe separar a política do indivíduo ou seu talento para algo. E mesmo que a equipe tenha feito tal protesto na França, o público tem o total direito de não ir assistir ao filme em “protesto ao protesto”. Mas daí não ter assistido ao filme e afirmar que é uma “merda de filme” é de uma infantilidade tremenda.

    E realmente, o filme já está saindo dos cinemas, assim como qualquer outro que já tem quase duas semanas e que vai tendo o número de sessões reduzidas.

  12. Fazer cinema nunca foi fácil. Sucesso de bilheteria geralmente é filme hollywoodiano ou essas comédias nacionais como Minha Mãe é Uma Peça e etc. Então dizer que foi um fracasso é muito relativo. Porque dentro dos filmes nacionais alternativos ele foi muito bem recebido. E queria saber se alguém aqui já viu o filme? Eu já vi e posso dizer que esse filme emociona e te leva a pensar sobre muita coisa, amizade, amor e laços familiares. Galera, cultura é isso.

  13. Para você que aí fica

    Vou te dar uma dica

    Além de sonso e vagabundo

    Sou Cineasta Diretor
    O papai é pamonha
    
Mas me deu muita maconha

    
Deus não dá noz nem voz

    a quem não tem dentes

    Se você ainda não sabe
    
Vivo de Festival de Tiradentes.

    P’ra garantir minhas mesadas
    
Fixo nas mais caras pousadas
    
Para divulgar meu Aquarius

    Sou capaz de roubar um Stradivarius

    Onde há dinheiro público
    
Sou como o Mustela putorius
    
Juro por tudo que é bíblico

    Mando essa antes que acabe:

    Vivo da Lei Rouanet
    
Sou do PeTê
    
Não vejo empecilho
    
Sou Kleber Mendonça Filho.

  14. Por que reclamam do impeachemant se nem no Brasil mora? Quer twr o direito cwm morar aqui! E mais como podem dizer que.o Temer não teve voto sw essas antasbvotaram na Dilma sabendo que o vice aeria o Temer?! Então antinhaa.vcs mesmos colocaram o Temer lá kkkkk!

Deixe uma resposta