Cunha diz que escreverá livro sobre o processo do impeachment

Na madrugada de hoje, 13, o agora ex-deputado federal Eduardo Cunha disse para a imprensa que escreverá um livro sobre os bastidores do processo de impeachment de Dilma Rousseff, no qual dizem que ele foi personagem central.

Naturalmente, Cunha foi importante para o processo por ter sido o presidente da Câmara na ocasião em que o pedido foi acatado, mas ele também foi o homem que, para ajudar o PT, levou muito mais tempo para fazer isso. O primeiro pedido de impeachment foi entregue muitos meses antes do que foi aceito por ele.

Cunha também teceu críticas a Rodrigo Maia, atual presidente da Câmara, e ao governo de Dilma e também de Michel Temer.

Anúncios

Deixe uma resposta