Carmen Lúcia vai debater golpe do fatiamento no plenário do STF

Agora presidente do STF, Carmem Lúcia anunciou que pretende analisar no Plenário do Supremo o golpe de fatiamento ocorrido no Senado, no dia 31 de agosto, que protegeu os direitos políticos de Dilma Rousseff.

Vários partidos entraram com recursos no Tribunal, afirmando o óbvio. Ou seja, alegando que o fatiamento viola o artigo 52 da Constituição Federal. Também houve pedidos de impeachment de Ricardo Lewandowski, que acompanhou a sessão no Senado enquanto presidente da Suprema Corte e foi totalmente leniente com a situação.

Ciente da controvérsia gerada pela decisão do então presidente do STF, Ricardo Lewandowski, que também presidiou o julgamento no Senado, Cármen Lúcia pretende debater a questão com os outros dez ministros da Corte.

Anúncios

6 comentários sobre “Carmen Lúcia vai debater golpe do fatiamento no plenário do STF

  1. O que faltou para Agums ministro que se diz homem do STF foi coragem coisa que pra esta mulher não vai falta coragem complementimento respeito a constituição as leis e justiça pra tds os culpados seja eles rico ou pobre que a justiça finalmente no Brasil seja feita e que ela seja respeitada pela a população porque já faz bastante tempo que o supremo tribunal federal aos olhos da população brasileira não é de fato uma instituição que transmite confiança ao povo principalmente a população mais pobre agora vamos ter mais um pouco de esperança no Brasil e torce para que a justiça seja de fato uma instituição sega muda que não fala e que não vê seja classe social ou política e que ela seja feita para os que deve a justiça seja rico ou pobres seja negros ou brancos pardo ou índio que ela seja para todos

Deixe uma resposta