PT perde na justiça e não consegue impugnar João Dória

Em decisão do juiz Sidney Braga, a tentativa golpista do PT de São Paulo para impugnar a candidatura de João Dória, do PSDB, foi indeferida. O partido entrou com o recurso a pedido de Paulo Florido, vereador petista em São Paulo, que fez alegações de que Dória estaria “abusando de poder econômico” e que ele não teria cumprido o afastamento com 4 meses de antecedência de qualquer cargo diretivo, como manda a lei eleitoral.

De acordo com o juiz eleitoral, “os documentos acostados aos autos não permitem que se conclua que João Doria tenha exercido função de direção, administração ou representação em empresas cuja atuação no mercado configure atividade monopolista.”

Em reação, o advogado Anderson Pomini,  que representa o candidato tucano, apresentou defesa pedindo a condenação do petista por “má-fé”, uma vez que Dória teria se afastado até de suas funções no LIDE, grupo sem fins lucrativos.

De fato, os petistas estão tentando prejudicar João Dória a qualquer custo. Até mesmo pontos positivos, como o fato de ele ser quem menos recebeu doações de empresários, têm sido utilizados para atacá-lo em campanha.

Anúncios

Deixe uma resposta