Comitê de Direitos Humanos ainda nem deu trela para denúncia de Lula à ONU

Como diz a Jovem Pan, mesmo tendo passado dois meses, a queixa enviada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à ONU nem sequer foi aceita e muito menos lida pelo Comitê que deve lidar com o caso.

Ainda que existam mais de 540 casos pelo mundo avaliados pelo Comitê, este é um sinal de que o caso de Lula não merece ser tratado com urgência.

Advogados do ex-presidente apresentaram a artimanha em forma de ação em Genebra, na Suíça, no dia 28 de julho. O dossiê foi encaminhado ao Comitê de Direitos Humanos da ONU e trazia uma narrativa fantasiosa na qual dizia que o Estado brasileiro havia praticado “abuso de poder” pelas mãos do juiz Sérgio Moro e dos procuradores da Operação Lava Jato.

O processo será avaliado – mas só lá por 2017 e lá vai pedra – com base na Convenção Internacional de Direitos Políticos. Só que tal instrumento não tem como punir o Brasil nem impedir uma prisão.

No fim das contas, a ONU só deve tratar do caso se entender que a Justiça no Brasil não é isenta em relação a Lula, o que é improvável.

Anúncios

Um comentário sobre “Comitê de Direitos Humanos ainda nem deu trela para denúncia de Lula à ONU

Deixe uma resposta