Temer lacra ao ficar contra reajuste salarial de ministros do STF

Conforme diz o Zero Hora, em sua primeira entrevista como presidente da República, em Brasília, Michel Temer se disse contrário ao reajuste dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Temer afirmou: “Isso daí gera uma cascata gravíssima. Porque pega todo o Judiciário, outros setores da administração, todo o Legislativo”,  disse o presidente, acrescentado que recebeu ligações de governadores pedindo que não autorizasse o reajuste.

O aumento iria gerar uma conta de R$ 5 bilhões e é uma das meninas dos olhos de Renan Calheiros.

Temer também foi assertivo em relação às reformas e ao teto de gastos, lembrando que seu governo não abrirá mão do “conceito do teto”, que não permite despesas acima da inflação.

Anúncios

2 comentários sobre “Temer lacra ao ficar contra reajuste salarial de ministros do STF

Deixe uma resposta