Linha auxiliar do PT, a REDE fracassa nas campanhas para prefeitura

A REDE, partido de Marina Silva e outra das muitas linhas auxiliares do PT, mostra um desempenho vergonhoso nas pesquisas para prefeitura este ano. Para ser ter uma ideia, no Rio de Janeiro Alessandro Molon tem apenas 1% das intenções de voto.

Em São Paulo, a situação do partido é pior. O candidato Ricardo Young nem chegou a pontuar. As razões para isso são claras: a população não quer mais saber de quem ajudou o PT. Molon e Randolfe Rodrigues foram figuras importantes na defesa de Dilma Rousseff.

Anúncios

5 comentários sobre “Linha auxiliar do PT, a REDE fracassa nas campanhas para prefeitura

Deixe uma resposta