Em Porto Alegre, petista Pont é ridicularizado por Marchezan ao defender PT

O termo “assombração de palanque” – dado a ex-presidente cassada golpista Dilma por Augusto Nunes – é cada vez mais justificado. Muitos candidatos a prefeito do PT tem fugido da associação com o PT e com Dilma. Mas o candidato a prefeito de Porto Alegre, Raul Pont (PT), resolveu arriscar em um debate ocorrido nesta quinta (8) na Band.

Pont disse querer que Dilma trabalhe para ele caso seja eleito. De imediato, Nelson Marchezan Junior mandou a real sobre a imoralidade por trás do partido totalitário. Foi quando Pont disse ter “orgulho” do trabalho realizado pelo PT.

É engenhoso alguém se dizer orgulhoso de um governo que levou a 12 milhões de desempregados de forma sádica e proposital, além de destruir nosso PIB e nossas estatais.

Na réplica, Marchezan finalizou o candidato petista, como pode ser visto em um vídeo que já viraliza pela Internet:

Anúncios

Um comentário sobre “Em Porto Alegre, petista Pont é ridicularizado por Marchezan ao defender PT

  1. Os partidos estão escondidos nestas eleições; não mostram seus símbolos , sequer o nome do partido. O que não tem mais estrela , está psicodélico. Este fato nos proporciona insegurança. Se os candidatos escondem seus partidos, podemos pensar o quê?

Deixe uma resposta