Tratada como “parça” do PT em áudios, Rosa Weber vai julgar manutenção de direitos para Dilma

Estão nas mãos de Teori Zavascki e Rosa Weber os recursos que pretendem reverter o golpe a Constituição, aquela manobra que salvou Dilma e protegeu seus direitos políticos mesmo após a aprovação do Impeachment.

Teori é um dos ministros com várias decisões controversas em prol do PT, e Rosa Weber foi mencionada em um daqueles grampos que flagraram Lula como sendo alguém, aparentemente, muito próxima do partido. Reveja o que foi dito por Lula a Jacques Wagner em um dos grampos:

“Mas viu querido, ‘Ela’ tá falando dessa reunião, ô Wagner eu queria que você visse agora, falar com ‘Ela’, já que ‘Ela’ tá aí, falar o negócio da Rosa Weber, que tá na mão dela pra decidir. Se homem não tem saco, quem sabe uma mulher corajosa possa fazer o que os homens não fizeram.”

Na ocasião, o próprio Sérgio Moro escreveu a respeito:

“Há, aparentemente, referência à obtenção de alguma influência de caráter desconhecido junto à Exma. Ministra Rosa Weber do Supremo Tribunal Federal, provavelmente para obtenção de decisão favorável ao ex-Presidente na ACO 2822, mas a eminente Magistrada, além de conhecida por sua extrema honradez e retidão, denegou os pleitos da Defesa do ex-Presidente.”

 

Anúncios

3 comentários sobre “Tratada como “parça” do PT em áudios, Rosa Weber vai julgar manutenção de direitos para Dilma

Deixe uma resposta