Prefeita petista de Cubatão corre risco de ser cassada

Em todas as cidades nas quais o PT governou, tudo piorou. Foi assim em São Paulo, e também parece ser o caso de Cubatão. A cidade, que já foi tida como exemplo de município rico, bem estruturado e atraente para quem deseja seguir carreira política, é hoje palco de crise. A prefeita petista Márcia Rosa, próximo do fim de seu segundo mandato, pode ser cassada hoje mesmo pela Câmara de Vereadores.

Abaixo, a nota a respeito do caso:

Para não ser cassada pela maioria de dois terços do Legislativo, a prefeita precisa de votos de pelo menos quatro dos 11 vereadores. Ainda na segunda-feira, nos meios políticos circulava a informação de que ela tinha a garantia dos votos dos dois vereadores do PT (Jair do bar e Fábio Inácio) e dois do PDT (Aguinaldo Araújo e Ricardo Queixão).

Mas, durante a sessão começaram a circular rumores de que os votos do PDT não estavam mais assegurados. Principalmente porque, se ocorresse a cassação, o presidente da Câmara teria condições legais de assumir a Prefeitura. Como ele é candidato à reeleição ao Legislativo, entretanto, permaneceu a dúvida sobre se poderia manter a candidatura a vereador caso se tornasse prefeito.

Márcia Rosa já foi cassada pela Justiça em 2013, mas recorreu e continua batalhando nos tribunais pela manutenção de seus direitos políticos.

Anúncios

2 comentários sobre “Prefeita petista de Cubatão corre risco de ser cassada

Deixe uma resposta