Petrolão faz ações da Engevix serem vendidas por preço simbólico de R$ 2

Os executivos da Engevix, Gerson Almada e Cristiano Kok estão negociando a venda de sua participação na empresa com o terceiro acionista, José Antunes Sobrinho. O valor simbólico será de R$ 2.

Por meio da “venda”, Kok e Almada se livrariam não só dos problemas enfrentados pela empresa, que seriam assumidos pelo outro sócio. Antunes já declarou a interlocutores que acredita no potencial dos ativos, que envolvem a Hidrelétrica de São Roque, em Santa Catarina. O empreiteiro pretende transferir a gestão da empresa ao banco Brasil Plural.

Os três executivos da Engevix estão enrolados no Petrolão. Gerson Almada e José Antunes foram presos pela PF e condenados pelo juiz Sérgio Moro. Cristiano Kok é investigado. As investigações do Petrolão e a publicidade negativa e multas fizeram a empresa ficar endividada, e obrigaram seus gestores a se desfazerem de parte dos ativos, além da perda de contratos e demissões coletivas. O valor simbólico de R$ 2 é só mais um dos infortúnios causados pelo Petrolão.

Anúncios

Um comentário sobre “Petrolão faz ações da Engevix serem vendidas por preço simbólico de R$ 2

Deixe uma resposta