Manifestantes petistas querem “Moro na Cadeia”

Uma cena que se repetiu muito nos protestos pró-Dilma e PT nas principais capitais durante o domingo: milhares de manifestantes da extrema-esquerda pediam a prisão do juiz federa Sérgio Moro.

Encarregado da Operação Lava Jato, que investiga o esquema criminoso operado pelo Partido dos Trabalhadores na Petrobras, o juiz passou a ser alvo de discurso de ódio e perseguição por parte de políticos e militantes que o acusam de ser “golpista” por investigar o partido.

No ato de domingo na Avenida Paulista, quem distribuiu os adevisos foram militantes do movimento estudantil e sindicalistas. Nos adesivos vermelhos se lia: “Abaixo a ditadura, Moro na Cadeia”. Não é a primeira vez que petistas e linhas auxiliares pedem a prisão do juiz: o professor da USP Sérgio Salomão Sheicara pediu a prisão do juiz em um ato realizado em março. Outros que já pediram cadeia para Moro foram a deputada Moema Gramacho, a presidente Dilma Rousseff e os sites petistas Brasil 247, Socialista Morena, Diário do Centro do Mundo e Pragmatismo Político.

Pedir prisão do juiz responsável pela operação é uma contradição na narrativa fabricada pelo Partido dos Trabalhadores, sobretudo após o afastamento temporário da presidente Dilma. Quando foram divulgados os áudios de Sérgio Machado, o PT passou a defender a tese de que Dilma só sofreu o impeachment para que os peemedebistas barrassem a Lava Jato, já que Dilma deixava a PF trabalhar livremente. No entanto, eles próprios pedem a prisão do responsável pela Lava Jato e chamam a operação de “golpista” de tempos em tempos.

Anúncios

3 comentários sobre “Manifestantes petistas querem “Moro na Cadeia”

  1. Só bandidos da pior espécie não gostam do Juiz Sérgio Moro. Se não fosse ele, muitos dos esquemas de corrupção que estão sendo descobertos e julgados, não seriam possíveis. Moro, mais de 2 milhões de brasileiros de bem lhe ovacionaram na Avenida Paulista e em todo Brasil. Obrigado por colocar tantos corruptos na cadeia!!!

Deixe uma resposta