Lula diz que Delcídio delatou sob tortura e é desmascarado (mais uma vez)

Novamente, o ex-presidente bolivariano Lula caiu em situação vexatória diante do STF. Agora ele pediu à Corte para extinguir a ação movida contra ele por tentativa de obstruir a Lava Jato. Segundo o pedido da defesa de Lula, Delcídio só o delatou por ter sido torturado. O detalhe é que a defesa de Lula cai em contradição, pois atribui ao ex-senador “imaginação estigmatizante”, “processos psíquicos egoístas”, e “constelações psíquicas”, além de estar “obcecado pelas vantagens do prêmio de delação”. Só que, pouco depois, a defesa de Delcídio desmentiu os advogados de Lula.

O site O Antagonista revelou a resposta de Delcídio à Lula. Ali os advogados do ex-senador afirmam ser “curioso que, os que dizem ‘detestar delatores’, convivem bem com corruptos e os toleram”.

A defesa de Delcídio segue: “As maquinações urdidas por grupos políticos e econômicos para criar fatos ou engendrar estratégias que possam tirar o crédito das investigações ou desabonar o colaborador se renovam a cada instante e progridem na promoção de mentiras, calúnias e idéias extravagantes quando não delirantes, demonstrando que no Brasil atual quando se trata de política não há mais distinção entre preço e valor, o segundo foi absorvido pelo primeiro”.

“A perseguição política encetada contra Delcídio após sua colaboração é prova concreta dessa afirmação. Não existem dúvidas sobre desvios e abusos na Petrobrás que vinculam mandarins da república a crimes contra à administração pública e que macularam diretamente o equilíbrio do processo eleitoral durante pelo menos três eleições”, concluem.

É inacreditável que a defesa de Lula já tenha chegado a esse ponto: acusar de sofrer tortura alguém que alegou jamais ter sido torturado.

Anúncios

3 comentários sobre “Lula diz que Delcídio delatou sob tortura e é desmascarado (mais uma vez)

Deixe uma resposta