1,5 milhões de pessoas foram lesadas nos escândalos dos fundos de pensão 

A Operação Greenfield, deflagrada nesta segunda-feria, 05,  apura a atuação de uma gigantesca organização criminosa comandada pelo PT nos fundos de pensão do Banco do Brasil, Caixa, Correiros e Petrobras. Durante a última década, os fundos das estatais foram usados como braços governamentais do PT, mas não deveriam.

Fundos de pensão são pertencentes aos trabalhadores das empresas, e a finalidade é gerar um complemento de suas aposentadorias. Por conta disso, tais fundos deveriam tomar decisões com base em questões técnicas, sempre respeitando as normas jurídicas, e não atendendo interesses políticos.

Os cabeças da organização causaram prejuízos em mais de 400 mil servidores que estão em atividade e que terão um retorno 30% menor que o que deveriam receber ao se aposentarem. Considerando seus dependentes diretos, o número de pessoas prejudicadas pela ação criminosa pode ser superior a 1.5 milhão de pessoas.

Anúncios

Um comentário sobre “1,5 milhões de pessoas foram lesadas nos escândalos dos fundos de pensão 

  1. Faço parte da PREVI como pensionista e estou perplexa com tudo isso.Se bem que todos tínhamos muitas desconfianças quando paus mandados do PT começaram a ser infiltrados em nosso Fundo de Pensão.
    O PT é o câncer do Brasil..
    Só traz destruição e desgraça, semeando ódio e roubos sem fim.
    É preciso cortar as cabeças dessa Hidra nojenta e perigosa desde as figuras mais proeminentes até os seguidores radicais que agem pela cabeça dessa corja que envergonha o NOSSO PAÍS.
    Parabéns,mais uma vez,a Operação Lava Jato que destemidamenta enfrenta esses Ratos Petistas que tanto prejudicam e envergonham o povo brasileiro!
    Fora PT!!!! Fora Corja Nojenta!

Deixe uma resposta