Impeachment aconteceu na mesma data em que Mario Kozel Filho foi assassinado

Em 31 de agosto de 1968, o solado Mario Kozel Filho foi assassinado de maneira brutal em uma emboscada armada pela VAR-Palmares, um grupo terrorista revolucionário com treinamento de guerrilha. Dilma Rousseff estava envolvida. O soldado era um jovem de 19 anos que cumpria o serviço militar obrigatório.

Ironia do destino, 48 anos depois a própria Dilma viria a sofrer o início de sua morte política exatamente no mesmo dia.

 

Anúncios

9 comentários sobre “Impeachment aconteceu na mesma data em que Mario Kozel Filho foi assassinado

  1. O que se vê nas ruas é uma verdadeira fata de respeito a democracia, isso é um atentado ao Brasil e aos brasileiros. Uma vergonha depois do golpe wue Dilna e Lula deram no povo brasileiro, vamos as ruas para lutar pelo emprego de 12 milhões de desempregados. Isso sim, estão querendo a tal de volta mas ninguém se refere aos desempregados.

    1. Acho que este tipo de política não interessa à ninguém,eles falam em democracia mas insiste no voto de cabresto eles acham que os programas sociais sempre iriam eleger eles estavam comprando os votos dos mais necessitados com os programas se esquecendo da realidade brasileira tomara que esse povo não consiga ganhar nem pra líder de presídio

  2. “Dilma Rousseff estava envolvida.” Esclareçam isso. Ela estava presente? Foi ela quem matou? Se matou, foi presa e julgada? Qual foi o resultado do julgamento?

  3. Ficaram muito tempo no poder, Lula e Dilma, natural que os beneficiados dos petistas, que certamente são muitos , vão tentar tê-los de volta novamente.

  4. Mário Kozel Filho foi assassinado em 26/06/1968, o impeachment finalizou em 31/08/2016. Qualquer pequena busca no Google comprova. Por quê dessa publicação???

Deixe uma resposta