Áudios revelam ameaças, racismo e perseguição ideológica por parte de militantes pró-PT

O colunista do Instituto Liberal Thiago Kistenmacher revela um caso espantoso de perseguição ideológica e intolerância promovida por militantes de esquerda contra um estudante universitário. Como o jovem é negro, pobre e conservador, passou a ser alvo de discurso de ódio após se manifestar politicamente em suas redes sociais. O estudante procurou Thiago e relatou as ameaças e assédio. Os áudios abaixo comprovam os ataques. Em virtude das ameaças, o estudante não quis se identificar. O jovem registrou boletim de ocorrência.

Áudio 1 –https://soundcloud.com/thiago-kistenmacher-vieira/agressor-1

Áudio 2 – https://soundcloud.com/thiago-kistenmacher-vieira/agressor-2

Áudio 3 – https://soundcloud.com/thiago-kistenmacher-vieira/agressor-3

Casos de racismo e perseguição por parte de militantes estão ficando cada vez mais comuns. Recentemente, o filósofo e professor universitário Paulo Ghiraldelli atacou o coordenador do Movimento Brasil Livre Fernando Holiday, usando termos pejorativos para criticar a posição de Fernando e sua filiação ao DEM. Outro que atacou Fernando Holiday foi o cantor Tico Santa Cruz. Tico foi processado por injúria racial e difamação.

Mais recentemente, o jornalista petista Paulo Henrique Amorim foi condenado por injúria racial em processo movido pelo jornalista Heraldo Pereira. No dia 23 de junho, a ministra Laurita Vaz do Supremo Tribunal de Justiça condenou Amorim a cumprir pena de reclusão de seis meses por conta de diversos ataques de cunho racial promovidos pelo apresentador e blogueiros contra Heraldo Pereira. Como a defesa do jornalista ainda tem os recursos de pendentes Recurso Extraordinário e Recurso Ordinário para a Suprema Corte, ele ainda não foi preso. Ainda assim, é só uma questão de tempo, já que estes recursos não anulam a sentença final.

Anúncios

2 comentários sobre “Áudios revelam ameaças, racismo e perseguição ideológica por parte de militantes pró-PT

Deixe uma resposta