“Aquarius” fracassa na primeira semana, ficando fora do top 10

Como aponta o ILISP, não adiantou a ampla divulgação por uma mídia lotada de bolivarianos, nem análises artificiais fingindo qualidades que o filme não possui: “Aquarius”, conhecido por que o elenco petista usou espaço em Cannes para emitir narrativas do partido – após ter recebido autorização para captar R$ 2,9 milhões via Lei Rouanet e seu diretor ser funcionário estatal comissionado da Fundação Joaquim Nabuco -, lançando também discursos de ódio contra o povo brasileiro (que chamaram de “golpistas”).

Enfim, após a estréia, “Aquarius” é uma das decepções de bilheteria do ano, incorrendo em situação similar a outro filme de petistas, “Contrato Vitalício”, do Porta dos Fundos.

No primeiro fim de semana (período de maior bilheteria para todos os filmes), “Aquarius” teve público de apenas 45 mil pessoas, não conseguindo nem ficar entre os 10 filmes mais vistos da semana. A animação Pets levou 790 mil pessoas aos cinemas, com Star Trek na segunda colocação (269 mil), Esquadrão Suicida na terceira colocação (268 mil) e Ben-Hur em quarto (147 mil).

Outro lançamento, a comédia romântica brasileira Um Namorado Para Minha Mulher ficou em quinto lugar com 135 mil espectadores. Quando as Luzes se Apagam (118 mil), Águas Rasas (79 mil), Nerve – Um Jogo Sem Regras (76 mil) e Café Society (58 mil) completam os 10 filmes mais vistos da semana.

Anúncios

6 comentários sobre ““Aquarius” fracassa na primeira semana, ficando fora do top 10

  1. Considerando que Aquarius foi lançado em apenas 92 salas, enquanto o 9º lugar foi lançado em mais de 1000 salas, Aquarius foi um sucesso ocupando o 3º lugar de maior ocupação das salas (ou seja: salas cheias).

Deixe uma resposta