Perdendo para Crivella em vários critérios, Freixo se dá bem com a elite

Em pesquisa divulgada pelo instituto Ibope para a prefeitura do Rio de Janeiro, os candidatos Marcelo Crivella (PRB) e Marcelo Freixo (PSOL) aparecem, respectivamente, na primeira e segunda posições. Apesar de Crivella ter uma vantagem muito larga em relação ao segundo colocado, os 27 pontos percentuais dele ainda garantiriam um segundo turno entre os dois.

Um fato curioso, no entanto, é o público de cada um. Os critérios da pesquisa Ibope incluíram idade, sexo (masculino ou feminino), escolaridade e renda. Crivella aparece na frente em praticamente todos os critérios, exceto em grupo muito específicos que são dominados por Freixo.

A saber, o candidato do PSOL fica em 8º lugar no grupo com escolaridade primária. No público com 5ª a 8ª série, ele volta para a segunda posição, mas a diferença é ridiculamente maior em relação a Crivella, que neste critério atinge 40 pontos, enquanto Freixo tem apenas 8. Na faixa do Ensino Médio, Freixo sobe um pouco mais, chegando a atingir 11%, mas ainda assim em segunda posição.

Os únicos critérios nos quais o psolista passa Crivella são os de Ensino Superior, no qual ele atinge 18 pontos percentuais e Crivella fica apenas com 14, e também no critério de renda familiar. Neste caso, Freixo é o queridinho da elite, já que na faixa de mais de 5 salários mínimos ele alcança sua melhor pontuação, 20 pontos, enquanto Crivella cai para a terceira posição. Quando a renda é de até um salário mínimo, Freixo fica em quarta colocação.

A pesquisa detalhada foi divulgada pelo G1, e nela pode-se perceber que Marcelo Freixo é o candidato da elite carioca, obtendo mais adesão entre estudantes universitários de alta renda.

Anúncios

3 comentários sobre “Perdendo para Crivella em vários critérios, Freixo se dá bem com a elite

Deixe uma resposta