Ditadura venezuelana prende 30 apenas por vaiar ditador Maduro

Inimiga da civilização, a ditadura venezuelana chegou ao cúmulo de prender mais 30 pessoas unicamente por vaiarem o ditador psicopata Nicolas Maduro. A barbárie aconteceu nesta sexta-feira, dia 2, na ilha de Margarita, na Venezuela, enquanto o povo realizava um protesto contra o ditador Maduro.

Vídeos divulgados pela rede mostram várias pessoas protestando civilizadamente – batendo panelas e gritando palavras de ordem – quando milícias da ditadura interrompem a manifestação. A repressão acontece um dia depois de a oposição ter realizado um protesto em Caracas com mais de 1 milhão de pessoas, sendo a maior manifestação em mais de uma década contra o governo.

“Neste momento, mais de 30 pessoas foram detidas, depois do incidente em Villa Rosa”, disse Alfredo Romero, do grupo ativista Fórum Penal, no Twitter. A ditadura tenta varrer o incidente para debaixo do tapete.

Anúncios

4 comentários sobre “Ditadura venezuelana prende 30 apenas por vaiar ditador Maduro

  1. Esse cara, ditador Canalha, Nicolas Maduro, tem que ser preso. É um psicopata desequilibrado, sem caráter e os países democráticos tem que condenar esse “Canalha” e auxiliar o poço Venezuelano a tirar essa praga do poder e colocar ele num tribunal Internacional de Justiça.
    É um psicopata em potencial que deve ser repudiado por todos os países civilizados, democráticos….

Deixe uma resposta