Delcídio reafirma que Lula loteou diretorias da Petrobras

Como diz a Jovem Pan, o ex-líder do PT no Senado Delcídio Amaral afirmou anteontem à força-tarefa da Operação Lava Jato, em Curitiba, que o ex-presidente bolivariano Luiz Inácio Lula da Silva tinha participação direta no esquema de compra de apoio com a partir da entrega de diretorias da Petrobras, entre partidos da base aliada, em especial o PMDB.

Delator da Lava Jato desde fevereiro, em seu depoimento, o senador cassado detalhou como a Petrobras teria sido usada por Lula para garantir a manutenção do projeto de poder bolivariano – que felizmente não ultrapassou os estágios iniciais, e, por isso, hoje não somos uma Venezuela – e a reeleição.

Delcídio citou o suposto uso da estatal, depois do escândalo do mensalão, em 2005, para obter maioria no Congresso, com apoio de alguns caciques do PMDB, segundo apurou a reportagem.

Preso em novembro de 2015 e enviado para prisão domiciliar em fevereiro, Delcídio prestou novo depoimento nos procedimentos preparatórios de delações contra Lula, que é investigado pela Procuradoria por receber como propina das empreiteiras do cartel que atuava na Petrobrás.

Anúncios

2 comentários sobre “Delcídio reafirma que Lula loteou diretorias da Petrobras

Deixe uma resposta