Miliciano pró-PT é preso por tentativa de homicídio após chutar cabeça de policial, que entrou em convulsão

Vinicius Zabot dos Santos, 21 anos, membro da milícia petista que praticou atos de vandalismo e terror em Caxias do Sul, foi preso ontem, 1, por tentativa de homicídio. Ele chutou a cabeça de um policial, o soldado da Brigada Militar Cristian Luiz Preto, 32 anos.

Cristian entrou em convulsão e teve que ser encaminhado ao hospital, e apesar dos ferimentos graves conseguiu sobreviver. O pai do agressor,  identificado como Mauro Rogério Silva dos Santos, 51 anos, advogado, também foi preso. Ele participava do ato violento e teria dado uma cabeçada e quebrado três dentes do sargento Paulo Roberto da Silva Wentz, 45 anos.

Segundo informações do portal Clic RBS, O tenente-coronel Ronaldo Buss, comandante da corporação em Caxias, afirma que os subordinados foram obrigados a agir de forma enérgica porque o pai do agressor – e também agressor, o advogado Paulo Roberto, tentou interferir na ação dos policiais alegando ter autoridade por ser advogado, e quando os policiais o contiveram ele desferiu a cabeçada contra o sargento.

Anúncios

4 comentários sobre “Miliciano pró-PT é preso por tentativa de homicídio após chutar cabeça de policial, que entrou em convulsão

  1. O filho teve onde puxar, filho de criminoso tem tudo pra ser criminoso também. Deveriam ter dado porradas nesses dois e deixá-los ter convulsões e ninguém socorrer.

Deixe uma resposta