Serra lacra e chama embaixadores na Bolívia e no Equador

Conforme o Valor Econômico, a chantagem das ditaduras da Bolívia e do Equador mascou. Isso porque o chanceler José Serra também decidiu nesta quarta-feira chamar para prestar esclarecimentos os embaixadores do Brasil na Bolívia e no Equador, segundo fontes do governo.

Durante a manhã de quarta-feira (1), Serra disse a jornalistas que tomara decisão semelhante em relação ao representante brasileiro em Caracas, Ruy Pereira. Os embaixadores do Brasil em La Paz e Quito são Raymundo Magno e Carlos Alfredo Lazary Teixeira, respectivamente. O anúncio foi feito depois que a ditadura venezuelana declarou que irá retirar seu embaixador no Brasil e congelar as relações com o país devido ao impeachment da ex-presidente golpista Dilma Rousseff. Os ditadores da Bolívia e do Equador também informaram que convocariam seus representantes.

Por meio de nota, o Ministério das Relações Exteriores afirmou que “o governo brasileiro repudia os termos do comunicado emitido pelo governo venezuelano”. Para o Itamaraty, tal comunicado “revela profundo desconhecimento da Constituição e das leis do Brasil e nega frontalmente os princípios e objetivos da integração latino-americana”.

Em outra nota, até caridosa, a pasta lamentou “as manifestações de incompreensão” dos governos da Bolívia, do Equador e de Cuba sobre a conclusão do processo de impedimento da ex-presidente da República. O Itamaraty reafirmou que o processo foi conduzido em estrito respeito ao que estabelecem as leis e a Constituição brasileiras e “constitui um exemplo que fortalece a democracia no país e na região”.

“Os governos desses países reincidem em expressões equivocadas que ignoram os fundamentos de um estado democrático de direito, como o que vige de maneira plena no Brasil”, destacou a nota. “O governo brasileiro conclama as autoridades desses países a manterem a serenidade e a respeitarem os princípios e valores que regem as relações entre as nações latino-americanas.” Como Cuba não convocou o seu representante em Brasília, a decisão de Serra em relação à Venezuela, Bolívia e Equador não se repetiu com o embaixador brasileiro em Havana.

Durante entrevista ao “Portal do Planalto”, veículo da Secretaria de Comunicação da Presidência, Serra criticou a decisão da Venezuela em congelar as relações com o Brasil. “A manifestação do governo venezuelano reflete, em primeiro lugar, desconhecimento da realidade do Brasil, da Constituição, das leis e daquilo que aconteceu. Tudo dentro das estritas normas da democracia”, declarou o chanceler.

“Mais ainda, a Venezuela, o governo venezuelano, não tem nenhuma moral para falar em democracia, uma vez que eles não adotam um regime democrático. Basta dizer que a Venezuela tem prisioneiros políticos. Um país que tem prisioneiros políticos não vive numa democracia”, lacrou Serra, com força.

Anúncios

18 comentários sobre “Serra lacra e chama embaixadores na Bolívia e no Equador

  1. Acho que o sr. Serra foi por demais educado, civilizado, coisa que êstes tiraninhos bugres, semi analfas, traficantes, não compreendem; esta atitude de tentativa de interferência EM NOSSOS “AFFAIRS,” poderia ser usada como ” causus belli” ! O que (não quem!) que êles acham que são ? E aproveitemos para voltar a falar e escrever português correto, inclusive com acento diferencial !!!

  2. Como podem esses ditadores perceberem os procedimentos de uma democracia, eles não tem condições de analisar essa situação, com recursos a um parlamento, é um episódio marcante para países democráticos, a lógica deles é outra.

  3. JA QUE ESTES DITADORES DOS INFERNOS CONGELARAM AS RELAÇÕES COM O BRASIL, ELES PODERIAM PAGAR O QUE NOS DEVE…..IA AJUDAR MUITO !!! DAQUI 1 SEMANA JA ESTÃO PEDINDO ARREGO E PEDINDO DINHEIRO EMPRETADO !!! ISSO TUDO SERVE APENAS PARA ESTES CALHORDAS TEREM 10 MINUTOS DE FAMA

  4. Esses países não cuidam de si mesmo como se meterem no nosso puro interesse não esquecamos q tds mamaram mas tetas do Lula e Dilma mas os civis nao podem pagarem por isso temos brasileiros nesses paises como ficam a situacao deles?

  5. Agora vamos tornar escravos dos EUA, voltar a emprestar dinheiro do FMI, privatizar estatais principalmente a Petrobrás, perder direitos trabalhalhista, aposentar com cem anos para cumbrir rombo de desvio previdênciario, e ver uma corja de políticos envolvidos em corrupção estarem no poder, só trocamos seis por meia dúzia, mudamos bastante, parabéns…

  6. Um lixo feito Maduro, um metido a ditador que qualquer reação internacional, o derruba, não deve ser levado em conta, um país que nem mesmo o que comer seus cidadãos tem, pela incompetência incondicional desse débil mental rs… Não merece nem resposta.

    1. Cuidado que o Serra também era vermelho, exilado no Chile e na França durante anos. Mas era “socialista” light, da JUC, não desses “comunistas” burros (que não sabem nem se definir), radicais e perigosos para as instituições democráticas.

Deixe uma resposta