Prestes a ser chutada pelo PT, Dilma pode ir para o PDT

Nem o PT quer manter relações com Dilma. O Partido dos Trabalhadores deixou claro a Dilma Rousseff que fora da presidência da República, ela virou peça dispensável para o partido. Após o Senado destituí-la do cargo em definitivo, Dilma mais um de seus discursos genéricos de protesto contra o impeachment.

Militantes próximos dizem que a ex-presidente não sabe ainda o que vai fazer da vida, mas o “gelo” que já percebe no PT pode levá-la de volta ao PDT, o primeiro partido a que se filiou. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

No PDT, Dilma dava uma “assessoria” (com aspas mesmo) a Leonel Brizola à distância, enviando-lhe um clipping diário de notícias, sua maior especialidade. Dilma fez discurso cheio de mágoas, ontem, diante de uma pequena platéia na qual uma ausência foi muito notada: o ex-presidente Lula. Por influência de sua mulher, Lula não associa sua imagem a más notícias: áreas inundadas, deslizamentos, queda do jato da TAM…

Segundo pesquisas internas no PT, Dilma lembra mais o envolvimento do partido com corrupção que Lula, o chefão, o que poderia atrapalhar os planos do ex-presidente petralha.

Anúncios

Deixe uma resposta