Katia Abreu diz que golpe seria para que Dilma possa dar aulas em universidades

Para convencer colegas a aderirem ao golpe que garantiu os direitos políticos de Dilma Rousseff pós-cassação, a senadora Kátia Abreu proferiu o discurso mais bizarro do dia: em tom choroso, ela implorou aos parlamentares que votassem pela manutenção dos direitos políticos de Dilma. Como justificativa para a ilegalidade, ela clamou “pela honestidade e idoneidade” de Dilma.

Ela ainda apelou aos colegas senadores afirmando que Dilma fez as contas para sua aposentadoria e descobriu que vai se aposentar com cerca de 5 mil reais. A presidente terá que “suprir as suas necessidades”, e que por isso precisa dos direitos políticos para ocupar um cargo público.

Para não dizer com todas as letras que Dilma só seria admitida no setor público por ser incompetente, a senadora afirmou que o pedido de manutenção dos direitos políticos tem apenas a finalidade de permitir que “ela dê aulas em universidades”. Ocorre que Dilma além da falta de familiaridade com conceitos básicos da administração e econômica demonstrada ao longo de sua carreira, Dilma não tem mestrado ou doutorado, portanto, não poderia ser admitida como professora em universidades públicas.

O discurso bizarro de Kátia Abreu pode ser visto aqui:

Anúncios

5 comentários sobre “Katia Abreu diz que golpe seria para que Dilma possa dar aulas em universidades

    1. Dar aulas de o qué, sendo que a Sra. Dilma,, não sustenta uma conversa de mais do que DUAS FRASES e logo COMEÇA GAGUEJAR: EU ACHO, QUE….QUE….QUE…ESTOCAR VENTO É BOM PRA O BRASIL….ou Eu acredito a….a…a …. Eleiçao minha não foi fraude e…..e….e….e sim GÓPI(como diz a égua Potiguar do Senado Fátima Bezerra.)….Mais eu acho ela pode ser sim Professora de TERRORISMO…e de FALCATRUAS….por isso o PT a defende com unhas e dentes!

Deixe uma resposta