Golpista Dilma teria tentado fugir de notificação, diz Gladson Cameli

Como diz o site do Senado, o senador Gladson Cameli (PP-AC), encarregado de notificar a decisão do Senado Federal de afastar a presidente golpista Dilma Rousseff, junto com o senador Vicentinho Alves (PR-TO), nesta quarta-feira (31) informou que ela não quis receber os parlamentares.

“Estávamos ali apenas para cumprir uma determinação regimental. Mas ela enviou o ex-ministro Jaques Wagner para receber o documento. Como isso não era possível, argumentamos com o ministro e ela acabou decidindo receber apenas o senador Vicentinho e assinou a notificação”, explicou Gladson.

Cameli é o terceiro-secretário da Mesa Diretora do Senado Federal e Vicentinho Alves é o primeiro-secretário. Após a notificação à golpista Dilma, coube a ambos a mesma tarefa junto ao presidente em exercício, Michel Temer, que os recebeu prontamente.

O Senado decidiu, por 61 votos a favor e 20 contrários, afastar a golpista Dilma Rousseff do cargo de presidente. Porém em outra votação, por 42 votos a favor, 36 contra e 3 abstenções, os direitos políticos da bolivariana foram mantidos.

Anúncios

Deixe uma resposta