Teatro de Dilma no Senado não é suficiente para reverter votos pró-impeachment

Como mostra matéria da Jovem Pan, a narrativa teatral de Dilma Rousseff – incluindo sua recusa a responder a qualquer questionamento da acusação  – pouco influenciou no resultado que já é dado como certo: a maioria dos votos será a favor do impeachment.

José Maria Trindade, repórter da Jovem Pan em Brasília, explicou que agora se inicia a nova fase do processo: senadores vão falar, um a um.

Depois disso, a defesa e a acusação terão 1h30 para as considerações finais.

Durante as mais de 12 horas de sessão, Dilma mentiu sem parar e seguiu o script narrativo elaborado pelos petistas. Não serviu para mudar a previsão de voto, a qual aponta que 60, dos 81 senadores, vão votar a favor de seu afastamento definitivo.

Anúncios

2 comentários sobre “Teatro de Dilma no Senado não é suficiente para reverter votos pró-impeachment

Deixe uma resposta