Para Ivo Cassol, Dilma mentiu sobre Cunha: se tivesse sofrido “achaque” gravaria tudo e denunciaria ao MP

O senador Ivo Cassol desmascarou uma das principais narrativas da golpista Dilma: uma na qual alegou que havia sido vítima de “achaque” de Eduardo Cunha. Essa história é contada pela presidente afastada para tentar dar credibilidade à narrativa de que “foi vítima de chantagem” de Cunha. 

O problema é que o senador lembrou que se a história fosse verdade, Dilma poderia ter denunciado Eduardo Cunha ao MP por chantagem e ainda poderia ter gravado as conversas com ele.

Ele contou sua história de quando sofreu achaques e denunciou os chantagistas ao Ministério Público enquanto foi governador de Rondônia. Chegou a gravar várias conversas para desmascarar os chantagistas. Mandou alguns até para a cadeia.

Segundo o senador, se Dilma estivesse falando a verdade sobre Cunha, teria feito o mesmo. Mas a história de Dilma a mostrava sempre negociando com Cunha – que chegou a denunciar que Wagner tentou comprá-lo para não aprovar o impeachment -, em contradição com seu discurso de denúncia contra “achaques” de Cunha.

Anúncios

2 comentários sobre “Para Ivo Cassol, Dilma mentiu sobre Cunha: se tivesse sofrido “achaque” gravaria tudo e denunciaria ao MP

Deixe uma resposta