Deputado dos dólares na cueca causa confusão ao atacar Janaina Paschoal no plenário

O deputado federal José Guimarães (PT-CE) causou confusão na sessão do impeachment. Quando a advogada Janaína Paschoal terminou sua fala, foi chamada de “golpista” pelo petista. Na sequência, o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), pediu que a Polícia Legislativa retirasse o deputado do plenário.

“Golpista é quem saqueou a Petrobras, quem fraudou a contabilidade pública. São vocês, deputado Guimarães. E o senhor não tem o direito de ficar nesse plenário proferindo insultos. Não tenho medo de você, nem de vocês. Peço que, se esse senhor não se comportar adequadamente, que se faça sair do plenário pela Polícia Legislativa”, afirmou o senador.

O deputado golpista José Guimarães é irmão do mensaleiro José Genoino. José Guimarães aparece com o irmão no esquema do Petrolão, além de ter ficado conhecido pelos escândalos dos dólares na cueca.

Anúncios

9 comentários sobre “Deputado dos dólares na cueca causa confusão ao atacar Janaina Paschoal no plenário

  1. Vergonhoso 😤.
    O destino do país nas mãos de criminosos. Porque os cidadãos honesto estão sendo exterminados e os poucos sobreviventes presos sem direitos humanos e básicos. E sustentando esses pulhas. O Brasil não tem mais salvação. Que ( RSSSSS )……

  2. Essa cambada de vagabundos que se autointitulam de vossa exelencia vivem dizendo palavra de ordem e se julgam donos do Brasil loteando para cada um um deles as riquesas do nosso pais. Isso ai é a categoria de politicos que colocamos Para nos representar nos municipios Estados e la no distrito federal isso é lamentável

  3. No Brasil o crime compensa e Zé “da Cueca” Guimarães é a prova viva disso. Até hoje o cara está solto e ainda se dar ao luxo de além de continuar enganando seus eleitores e a nação inteira, não encontra limites na Lei para bloqueá-lo.

  4. Creio que em um com Leis para todos, este corrupto como ficou provado não exercia nem cargo público , ainda mais ser Dep Federal,so mesmo no Brasil porque até o presente do senado tem mais processo que ele.

Deixe uma resposta