Citando técnicas sujas do PT, Cristovam declara voto a favor do impeachment

Ex-ministro de Lula, o senador Cristovam Buarque (PPS-DF) declarou nesta segunda-feira (29) que votará a favor do impeachment de Dilma Rousseff. Até então o parlamentar, que votou a favor do afastamento de Dilma nas deliberações preparatórias, fazia mistério sobre o seu posicionamento final.

“Hoje o meu voto será pelo impeachment, com muita tristeza”, diz Cristovam em vídeo gravado pela Agência Senado (veja abaixo).

O senador menciona quatro fatores que embasaram sua decisão. O primeiro fator foi o “fracasso do governo”, que envolve as já conhecidas técnicas sujas do PT de “narrativas falsas, da manipulação das informações, do dinheiro irresponsavelmente gasto”. O senador ainda cita o “risco do futuro” para justificar o voto.

“Acho uma temeridade a volta da presidente Dilma, sem base parlamentar, com rombo na economia”, afirma sobre a possibilidade de um retorno que seria desastroso para o País.

Os demais motivos elencados pelo senador são a base legal que permite a abertura de processo de impeachment e sustenta as acusações de crime de responsabilidade. Ex-governador do Distrito Federal pelo PT, Cristovam foi exonerado por Lula do cargo de ministro da Educação em janeiro de 2014 e, segundo reportagens da época, foi desrespeitosamente comunicado da demissão via telefone.

 

Anúncios

4 comentários sobre “Citando técnicas sujas do PT, Cristovam declara voto a favor do impeachment

  1. Eu simplesmente parabenizo o senador Cristóvão Buarque. Pela sua serenidade e pelo seu caráter de um homem público. Que durante todo o esse tempo das investigações do do afastamento da presidente. Ele se manteve observador e atento a tudo pra pra poder decidir o seu voto com convicção. Parabéns. Senador

Deixe uma resposta