Só no discurso, Dilma repetiu a palavra “golpe” 19 vezes

Em seu discurso de defesa, a presidente afastada Dilma Rousseff usou a palavra “golpe” nove vezes. O documento lido por Dilma no Senado contra seu afastamento definitivo da Presidência da República conta com dez páginas.

Dilma segue a estratégia de repetição estabelecida previamente pelo partido. É provável até que Dilma queira rotular o processo de impeachment, que provavelmente poderá ser utilizado por Dilma para conseguir asilo político no exterior. Sobretudo porque a presidente já anunciou que pretende viajar para países da América do Sul após o impeachment, mas apenas os países ainda governados por bolivarianos, como Venezuela, Bolívia e Equador.

Anúncios

Deixe uma resposta