Quatro alvos da PF estão entre os convidados de Dilma

A comitiva de Dilma Rousseff ao Senado deveria contar com mais de 40 pessoas, todas convidadas diretamente por ela. Dentre os nomes, além de Rui Falcão e Jacques Wagner, flagrados em conversas telefônicas bem constrangedoras, há também quatro pessoas investigadas pela Polícia Federal.

A saber, os nomes são: Carlos Gabas, que já foi alvo de condução coercitiva; Carlos Lupi, ex-ministro que precisou se explicar aos investigadores da Lava-Jato; Giles Azevedo, delatado por um operador do próprio partido; e, é claro, o ex-presidente Lula, que recentemente virou réu por obstrução da Justiça.

Anúncios

Deixe uma resposta