Em seu discurso, Dilma diz que nunca mudou de lado. E não mudou mesmo

Em menos de cinco minutos de discurso, Dilma Rousseff já citou a ditadura militar e comparou tortura física e psicológica com um processo jurídico legítimo. Disse, também, que nunca “mudou de lado.”

De fato, ela nunca mudou de lado. Desde os tempos de guerrilha, Dilma Vana Rousseff sempre apoiou ditaduras, governos totalitários e violência armada. Como presidente, seu governo continuou apoiando tudo isso, até mesmo com financiamentos através de dinheiro público.

Acompanhe ao vivo: clique aqui.

Anúncios

Um comentário sobre “Em seu discurso, Dilma diz que nunca mudou de lado. E não mudou mesmo

  1. Fica complicado entender essa senhora.Deveria dar graças a Deus de não ter tido os direitos políticos cassados.Pode ser candidata pode assumir cargo público e parece não tenho certeza que irá continuar recebendo o salário de Presidente.

Deixe uma resposta