Aloysio diz que argumentos de Barbosa são “tiro no pé” de Dilma

Como diz a Jovem Pan, o líder do governo no Senado, Aloysio Nunes (PSDB-SP), afirmou que, caso estivesse na mesma situação de Dilma Rousseff, não gostaria de ter o ex-ministro da Fazenda Nelson Barbosa como testemunha de defesa.

O tucano disse que Barbosa “joga água no moinho daqueles que querem o impeachment” da presidente afastada, uma vez que suas respostas confirmam a tese de que os decretos eram irregulares. “Esses argumentos são um verdadeiro tiro no pé da defesa”, declarou, que disse ainda que o governo de Dilma foi irresponsável.

“O senhor está usando os argumentos que nos trouxeram a essa situação de crise, argumentos que o transformaram em ex-ministro e a presidente Dilma em ré”, instigou o líder do governo de Michel Temer.

Barbosa usou a narrativa de que os decretos foram baseados com a legislação da época, mas a própria votação da revisão da LDO no final de 2014 comprova que a meta já havia sido descumprida de forma intencional por Dilma. Logo, o crime fiscal está mais do que comprovado.

Anúncios

2 comentários sobre “Aloysio diz que argumentos de Barbosa são “tiro no pé” de Dilma

Deixe uma resposta