“Não dá pra Dilma se vitimizar. Vítima é a população brasileira”, diz Caiado

Em uma entrevista dada ao Jornal da Manhã, na rádio Jovem Pan, o senador democrata Ronaldo Caiado deixou claro o seu entendimento de que Dilma Rousseff, na condição de ré e presidente afastada por crime de responsabilidade fiscal, não pode ser considerada uma vítima.

“Não dá para a presidente querer, neste momento, se vitimizar. Ela está sendo julgada como ré. A vítima é a população brasileira. Ela não pode se colocar como vítima”, disse Caiado.

Quando questionado sobre seus desentendimentos com Lindbergh Farias, o senador deixou claro que pode ter exagerado em responder à altura do petista, que praticou vários atos de baixaria na quinta-feira (25), mas disse que diante de Dilma Rousseff, mesmo considerando-a uma criminosa, pretende manter o decoro parlamentar e agir de maneira respeitosa ao interrogá-la.

Contudo, Caiado pediu que a petista venha com o mesmo espírito: “ela vem acompanhada por ministros e simpatizantes, como se fosse um filme, para fazer uma encenação.” Em verdade, parece que será uma encenação mesmo.

 

Anúncios

4 comentários sobre ““Não dá pra Dilma se vitimizar. Vítima é a população brasileira”, diz Caiado

  1. Eu e mais a maioria dos brasileiros (os que não foram alienados pelo PT) só espera uma coisa: q essa tal Dilma engate uma ré e vá pros quintos dos infernos! Q saia de nossas vidas de uma vez! chega de cinismo!

  2. Se o presidente do senado Renan Calheiros não prevarica esse Janot sai daqui a 05 meses por crime de responsabilidade devido ao abuso de poder via impunidade….. Temos 11 processos contra ele o Rodrigo Janot protocolados no senado.

Deixe uma resposta