Caiado diz que tática petista para procrastinar impeachment é “lamentável”

A tensão entre os senadores no dia de ontem foi enorme, mas em grande parte isso se deu por conta do comportamento intransigente e beligerante da bancada petista no Senado, que apesar de estar em uma minúscula minoria sabe fazer barulho como um milhão de crianças no parquinho.

Em entrevista dada ao Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan, Ronaldo Caiado (DEM) expressou seu descontentamento com a postura tosca destes senadores.

“Tudo isso foi motivado no momento que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) afrontou o Senado e todos os senadores dizendo que não tínhamos condição de julgar a presidente Dilma”, disse o senador.

Caiado também reconhece que pode ter exagerado um pouco ao responder às provocações de Lindbergh Farias (PT), mas explica que o momento era de absoluto incômodo com a postura desses parlamentares que, segundo ele, têm uma postura lamentável.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Caiado diz que tática petista para procrastinar impeachment é “lamentável”

Deixe uma resposta