Lula iria comprar sítio a preço de banana

O sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), ainda dará muito pano para manga. A propriedade é atribuída ao ex-presidente Lula, que nega ser dono do sítio. No entanto, há muitos detalhes que ligam seu nome ao sítio, e tudo indica a existência de um sofisticado esquema de ocultação de patrimônio.

A força-tarefa da Lava-Jato, durante buscas realizadas no local, encontrou uma minuta de escritura de compra do ex-presidente e também de Marisa Letícia, ex-primeira dama. O vendedor que aparece no documento é Fernando Bittar, sócio de um dos filhos de Lula. Bittar ainda é dono formal do sítio da escritura, mas essa minuta pode ser a evidência de que ambos estavam envolvidos no esquema.

O documento indica que Lula iria comprar o sítio por meros 800 mil reais, em 4 parcelas de 200 mil. O preço é uma piada, já que só as obras realizadas pela OAS e pela Odebrecht no local, a mando de Marisa Letícia, ultrapassaram os R$ 2 milhões. O próprio contrato de compra e venda já indica a existência de fraude.

Bittar pode ter comprado o sítio com dinheiro repassado pelo próprio filho de Lula, que por sua vez, teria recebido propina em esquemas também investigados pela Lava Jato.

 

Anúncios

3 comentários sobre “Lula iria comprar sítio a preço de banana

  1. Eu tbm apoiei esse safado, nao fomos poucos a apoia-lo, nao epoca, a proposta era boa, mas quando o homenzinho de nove dedos, viu muito dinheiro facil a sua disposiçao, mudou ate de tom, mandando todos que o acusavam, tomar no c####, achou que estava tao por cima, que jamais alguem o enfrentaria, apenas se esqueceu que um tal de SERGIO MORO, simples funcionario publico, defensor da ordem e justiça, transformaria seu horario das 06:00 da manha, em tortura!!!!!!

Deixe uma resposta