Impeachment: Entenda como será a fase final

Às 9 horas de hoje, quinta-feira, a etapa final do processo de impeachment de Dilma Rousseff começou. Nesta fase, serão ouvidas inicialmente duas testemunhas de acusação, sendo uma delas o procurador Julio Marcelo de Oliveira e o auditor do Tribunal de Contas da União, Antônio D’Ávilla.

Depois disso, a defesa levará duas de suas seis testemunhas. A ideia é que as testemunhas da defesa e da acusação sejam ouvidas até o fim da noite de hoje, mas se não houver tempo hábil elas darão seus depoimentos amanhã, sexta-feira (26).

Após o depoimento, os senadores poderão fazer perguntas a todas as testemunhas, mas a base do governo de Michel Temer já orientou que para agilizar o processo é melhor fazer poucas perguntas e deixar que apenas alguns senadores façam. Esta fase provavelmente acabará só no fim de semana.

Na segunda-feira, 29, Dilma Rousseff dará seu primeiro depoimento, às 9 horas da manhã. Ela terá direito de falar livremente por meia hora, e depois os senadores terão direito de lhe fazer perguntas. Após o depoimento de Dilma, entrará a fase de debates. Advogados de acusação e de defesa falarão por 1 hora e meia cada, e depois ainda terão direito a réplica e tréplica de 1 hora para cada um.

Na terça-feira, 30, será a vez do debate entre os senadores, que irão discutir se a presidente praticou ou não o crime de responsabilidade fiscal. Nesta fase, cada inscrito terá direito de falar por 10 minutos, sem prorrogação. Por fim, o presidente do STF, Ricardo Lewandowski questionará os senadores sobre a existência ou não do crime de responsabilidade fiscal. E depois disso será aberto o painel para votação.

A votação será aberta e nominal, e a expectativa é de que tudo acabe na noite de terça, mas há possibilidade de o julgamento se prolongar até quarta-feira, dia 31.

 

Anúncios

2 comentários sobre “Impeachment: Entenda como será a fase final

Deixe uma resposta