Requião fala que PT roubava bancos para “fazer caixa”

Sem a presença de João Santana comandando as narrativas do PT, os bolivarianos do partido (e aliados) parecem um tanto perdidos, geralmente dizendo coisas que até comprometem o partido, quando deveriam ajudá-lo.  Por exemplo, o bolivariano Roberto Requião – que está cada vez mais manifestando comportamento petista, em vez de comportamento peemedebista – falou que petistas tinham assaltantes de bancos em suas fileiras.

Disse Requião: “Dentro do PT tinha revolucionários que eram capazes de assaltar um banco para fazer caixa para a revolução. Perto disso, o sobrepreço numa obra pública não significava nada.”

O senador paranaense ainda afirmou: “Veja o Lula com aquele sítio [de Atibaia]. Tem cabimento isso? Ele tinha entrado naquela vigarice de palestras, que foi inventada pelo Fernando Henrique. O Bill Clinton também fazia a mesma coisa. O Lula, com essas palestras, não precisava ganhar de presente… Ele ia ganhar [o sítio] de presente. Eu sei o que é isso.”

Duas confissões em um único discurso. Com amigos como Requião, o PT não precisa de inimigos.

Anúncios

Um comentário sobre “Requião fala que PT roubava bancos para “fazer caixa”

  1. É isso que dá com essa politica atual. A reforma Política tem que começar com o Fundo Partidário. Se todos os Partidos recebem o Fundo Partidário, significa que eles são uma espécie de empregados do POVO tendo como Chefe direto o Superior Tribunal Eleitoral, que deveria obrigar a todos  apresentar   documentos de ficha limpa, como se fosse uma Empresa Contratando funcionários para cargo de diretores e exigir que todos os diretores cobrassem de todo o resto subordinado a êles eté seus filiados. Mas para poder dá certo é necessário diminuir o número de Partidos, para no máximo  três 

Deixe uma resposta