Em Joinville, candidato petista também está fugindo das cores do partido

O ex-prefeito de Joinville, Carlito Merss, conhecido por ter feito a pior gestão na cidade desde os últimos vinte anos, saiu realmente machucado da prefeitura. Após apenas 4 anos no comando da maior cidade de Santa Catarina, o petista não se reelegeu, ficando apenas em terceiro lugar. Seus votos também foram impugnados um dia após o 1º turno, em 2012, por fraude eleitoral.

Mesmo sendo absolvido por Dias Toffoli, que na época era presidente do TSE – e já foi advogado do PT – o ex-prefeito não conseguiu nem mesmo se eleger como deputado federal em 2014.

Certamente, agora, Carlito sabe que mais do que nunca a imagem do PT está maculada, e por isso entendeu a necessidade de apostar em uma identidade visual diferente. Seu material de campanha simplesmente não possui a cor vermelha, ao contrário dos anos anteriores. A estrela do PT, discreta e com fundo branco, nem mesmo chama atenção.

14125592_10209703618724124_110590480786534002_o

Ver também:
Candidatos petistas mudam as cores de seus materiais de campanha para se “desligarem” do PT
Até Edinho Silva está fugindo do PT em sua campanha

Anúncios

Um comentário sobre “Em Joinville, candidato petista também está fugindo das cores do partido

Deixe uma resposta