Para Aloysio, Dilma sabe que o jogo está perdido

Em entrevista ao Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan, o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), reafirmou que Dilma Rousseff não tem como evitar a cassação do mandato. “Ela sabe que o jogo está jogado, que não há mais mudança de ponto de vista e que as pessoas estão definidas”, disse o senador.

Nos últimos dias, a presidente afastada tem usado sua ida ao Senado como trunfo contra o impeachment. Abandonada pelo Partido dos Trabalhadores e com medo de cair nas mãos de Sérgio Moro quando perder o foro privilegiado, a presidente resolveu fazer a própria defesa antes da votação final para tentar reagrupar em torno de si parte da militância petista, e talvez conseguir alguns votos a mais na votação final.

Para Aloysio, o jogo já está definido. “Ela vai ao Senado para alimentar essa reserva que o PT vai precisar para atravessar o deserto e que ela vai precisar para defender sua biografia”, disse o tucano. Ele espera que Dilma volte a repetir o discurso de que é inocente e vítima de machismo.

A mudança no tom da presidente afastada se dá em um momento crítico para Dilma: o Partido resolveu abandona-la por entender que a melhor saída é fazer oposição ao governo de Michel Temer e voltar em 2018 como oposição contra o legado de Dilma/Temer. Dilma estava afinada com essa narrativa até ser surpreendida com as denúncias de João Santana e Mônica Moura. A partir dali, a presidente passou a dotar estratégia própria. Foi quando houve o rompimento com o partido, já que Dilma admitiu que houve corrupção em seu governo e campanha, mas que esses crimes eram de responsabilidade exclusiva do PT.

Anúncios

Um comentário sobre “Para Aloysio, Dilma sabe que o jogo está perdido

Deixe uma resposta